Porsche 911 GT2 RS

Na marca Porsche as duas letras “RS” são reservadas apenas à iteração mais extrema da linha específica de um modelo. O Porsche GT3 RS, por exemplo, está por milésimos de ser usado exclusivamente em corridas, e o GT2 RS segue por milímetros. Com aproximadamente 500 exemplares a serem produzidos mundialmente, essa edição limitada foi desenvolvida pensando-se apenas no mais devotos colecionadores e Porschéfilos.

O quê faz o RS ser melhor em relação ao Porsche GT2 “padrão”?

httpvh://www.youtube.com/watch?v=lWl2142QazY

Tudo começa no sistema de transmissão e propulsão. Enquanto uma Ferrari, Lamborghini, ou Aston Martin apóiam-se em motores V-12 para dar força aos seus modelos de ponta, os engenheiros da Porsche continuam extraindo performance do motor de 6 cilindros. Com uma versão modificada do motor duplamente turbinado de 3,6 litros do GT2 de 2009, o modelo RS alça mais 90 cavalos, somando 620 hp. Essa força adicional ajuda o GT2 RS a alcançar 330 km/h e de 0-100 em 3,4 segundos, de acordo com a fabricante. Mas acredite se quiser, a Porsche é conhecida por sua modéstia nos números oficiais. A cereja no bolo é o peso desse 911, meros 1.369 quilos, tornando-o tão leve – e tão ágil – como o Lotus Evora. A estatística mais importante, se deixarmos a Porsche ditá-las, é o tempo de 7 minutos e 18 segundos em Nürburgring.

O Porsche GT2 RS custará por volta de US$ 250.000, um preço justo aos que serão donos do Porsche mais rápido e potente já fabricado para dirigir nas ruas.

Nürburgring

Nürburgring é um complexo para prática esportiva com veículos motorizados na vila de Nürburg, Alemanha. Ele possui um moderno circuito de Fórmula 1 construído em 1984, e outro mais largo e antigo, o North Loop, construído na década de 1920 envolta do castelo medieval de Nürburg nas montanhas Eifel. Está localizado 70 km ao sul de Colônia, e 120 km noroeste de Frankfurt. O North Loop foi apelidado por Sir John Young Stewart de O Inferno Verde, e é considerado o mais violento, perigoso e estafante circuito específico para corridas do mundo.

Um dos propósitos originais de Nürburgring era servir como pista de testes para os fabricantes de automóveis, e seu desenho avassalador tem sido tradicionalmente usado como prova de fogo. Nos dias úteis, a chamada Industriefahrten ocupa o asfalto. Aficionados por automóveis de alta performance se reunem para corridas amadoras. Em 1999, a Porsche anunciou que seu modelo 996 GT3 correu o circuito Ring em menos de oito minutos, e em anos subsequentes, outros fabricantes realizaram testes de seus melhores modelos no circuito, usando os resultados para promoção das marcas.